Tempo
|
A+ / A-

​Fátima. Santuário "em recuperação" a pensar na JMJ 2023

12 out, 2021 - 21:33 • Teresa Paula Costa

Reitor do Santuário de Fátima diz que, “a três meses do final do ano, 2021 regista já alguma recuperação em relação a 2020" em número de peregrinos. "Fátima estará pronta para receber o Santo Padre", garante o padre Carlos Cabecinhas.

A+ / A-

O reitor do Santuário de Fátima disse esta terça feira, na Cova da Iria, que “o Santuário registou entre janeiro e setembro deste ano mais de 1,3 milhões de peregrinos que participaram nas celebrações”.

“Quando comparamos 1,3 milhões de peregrinos com os seis milhões habituais sabemos que estamos muito longe dessa normalidade”, reconheceu o padre Carlos Cabecinhas. “Porém há também sinais positivos”, revelou o sacerdote, já que “a três meses do final do ano, 2021 regista já alguma recuperação em relação a 2020, quando, em período homólogo, tínhamos 1,1 milhões de peregrinos presentes nas celebrações”.

Embora “o caminho vá ser longo”, admitiu o padre Carlos Cabecinhas, “Fátima estará pronta para receber o Santo Padre que virá à Jornada Mundial da Juventude de Lisboa”.

Arcebispo de Salvador da Baía. Um peregrino que apela à vacinação

Assumindo-se “um peregrino entre peregrinos”, o arcebispo de Salvador da Baía, que preside à peregrinação de outubro, disse vir “trazer as preces dos que continuam a sofrer com a pandemia”.

Para o Cardeal D. Sérgio da Rocha, no Brasil, “temos hoje um grande desafio” que é “uma espécie de negacionismo prático, mais do que o teórico.” “É como se negassem a realidade e a existência da própria pandemia”, acrescentou.

A vacinação de grande parte da população, considerou, “trouxe esperança, mas ainda há muito a fazer”. Na opinião do cardeal, “precisamos de continuar sempre vigilantes cada um fazendo a sua parte, sabendo que o que cada um de nós faz ou deixa de fazer se repercute na vida e na saúde do outro.” Por isso, o arcebispo primaz do Brasil assumiu que diz “aos bispos que devemos fazer incentivo à vacinação.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+