Tempo
|
A+ / A-

Francisco troca “panettone” por paracetamol

08 dez, 2020 - 09:07 • Aura Miguel

Em vez do habitual “panettone", o Papa optou por oferecer este Natal a todos os funcionários do Estado do Vaticano cinco caixas de paracetamol.

A+ / A-

O “panettone” é o bolo de Natal mais típico de Italia e, à semelhança do nosso “bolo-rei”, manda a tradição partilhá-lo à mesa, durante a época festiva. É o que, desde sempre, faz o Santo Padre que, anualmente, oferece “panettone" a todos os funcionários do Estado do Vaticano. Só que, desta vez, Francisco trocou o famoso bolo, por cinco caixas de paracetamol, “Viks plus”, que ajuda a combater a gripe.

A notícia, publicada hoje no “Il Messaggero”, revela que a ideia terá partido do Cardeal Konrad Kraiewski, o esmoler do Papa, homem-chave que torna efectivos os gestos de caridade de Francisco.

Segundo este diário italiano, a sugestão do Papa foi acolhida com simpatia e otimismo pelos cerca de quatro mil funcionários que trabalham no Vaticano.

Apesar da crise económica causada pela pandemia, da quebra do turismo, do encerramento dos museus e de outros departamentos, o Vaticano tem mantido todos os postos de trabalho.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+