Tempo
|
A+ / A-

Novo ataque a uma Igreja no Burkina Faso faz quatro mortos

26 mai, 2019 - 18:17

Têm-se sucedido os ataques a igrejas neste país africano onde os católicos são apenas cerca de 20% da população.

A+ / A-

Quatro pessoas morreram este domingo num ataque a uma igreja no Burkina Faso.

Segundo a agência AFP, que cita uma fonte das forças de segurança, “indivíduos fortemente armados atacaram a igreja da aldeia de Toulfe enquanto os fiéis celebravam a missa dominical”.

Um outro ataque há duas semanas fez seis mortos, também no Burkina Faso, incluindo um padre. Nessa altura o ataque foi levado a cabo por dezenas de homens armados. Desconhece-se o número de atacantes agora.

Ao longo das últimas semanas já houve pelo menos cinco ataques a igrejas neste país, onde a atividade jihadista tem aumentado, desde 2016.

A maioria da população do Burkina Faso é muçulmana, com os cristãos a representar cerca de 23%. Os católicos são a maior comunidade cristã, com perto de 19% da população total.

[Notícia atualizada às 19h43 do dia 27 de maio com aumento do número de mortos de três para quatro]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+