Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

D. Américo Aguiar diz que ataques com tinta "não podem nem devem ser aceites"

28 fev, 2024 - 13:40 • João Malheiro

O bispo de Setúbal avisa que um dia "não será tinta, será ainda mais grave e sem retorno".

A+ / A-

D. Américo Aguiar defende que ações de protesto como a que hoje sujou Luís Montenegro com tinta "não podem, nem deve ser aceites" em Democracia.

"Já o disse aquando do incidente com o Dr Fernando Medina, Ministro da República, e agora com o líder do PSD, e com tantos outros alvos e métodos fora das regras da convivência democrática", refere, numa publicação nas suas redes sociais.

O bispo de Setúbal avisa que um dia "não será tinta, será ainda mais grave e sem retorno".

O cardeal recordou o seu passado na defesa do Ambiente para realçar que, apesar de condenar estes protestos, há "muito a fazer e urgentemente" no que toca ao clima.

O líder da Aliança Democrática, Luís Montenegro, foi atingido por tinta verde durante uma visita à Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) na manhã desta quarta-feira, atirada por um ativista climático da Greve Climática Estudantil.

O momento aconteceu quando o presidente do PSD entrava na FIL, no Parque das Nações, com Montenegro a ficar coberto de tinta no rosto e na roupa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+