A+ / A-

Eleições Legislativas 2024

Mortágua traça objetivo de recuperar deputado por Faro perdido em 2022

24 fev, 2024 - 16:14 • Lusa

A bloquista considera que os problemas da região se agravaram nestes anos e assegura que o BE se manteve, mesmo sem deputado eleito, em todas as lutas pelo distrito.

A+ / A-

A coordenadora do BE, Mariana Mortágua, traçou, este sábado, o objetivo de recuperar o mandato por Faro, que foi perdido nas últimas legislativas, considerando que se notou o efeito de o Algarve ter deixado "de ter deputados à esquerda".

Mariana Mortágua discursava num almoço comício em Boliqueime, distrito de Faro, e deixou claro no final da sua intervenção que o BE quer eleger o eurodeputado José Gusmão e assim recuperar o deputado que perdeu nas eleições de 2022.

"O Algarve deixou de ter deputados à esquerda nas últimas eleições e esse efeito notou-se. A representação parlamentar ficou mal entregue aos partidos do bloco central e ao Chega", criticou.

Considerando que os problemas da região se agravaram nestes anos e assegurando que o BE se manteve, mesmo sem deputado eleito, em todas as lutas pelo distrito, a coordenadora bloquista deixou evidente o objetivo de "voltar a ter um deputado do Bloco de Esquerda na Assembleia da República" eleito por Faro.

"Essa é a esquerda que vai constituir uma maioria social no país, que vai constituir uma maioria no parlamento para fazer a diferença, para ter as políticas que contam e o José Gusmão vai fazer parte dessa maioria que vai transformar este país no dia 10 de março", disse.

Recorrendo ao mote de campanha, Mortágua defendeu que esta maioria "vai fazer o que nunca foi feito".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+