Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Mário Machado começa a ser julgado pelos crimes de discriminação e incitamento ao ódio e à violência

06 fev, 2024 - 04:51 • Lusa

O julgamento, a decorrer no Campus da Justiça, em Lisboa, tem também Ricardo Pais como arguido.

A+ / A-

O porta-voz do Grupo 1143, Mário Machado, começa, esta terça-feira, a ser julgado pelos crimes de discriminação e incitamento ao ódio e à violência, que tiveram como principal alvo Renata Cambra, do Movimento Alternativa Socialista (MAS).

O julgamento, a decorrer no Campus da Justiça, em Lisboa, conta também com Ricardo Pais como arguido.

Em fevereiro de 2023, o Ministério Público (MP) acusou o militante neonazi Mário Machado de um crime de discriminação e incitamento ao ódio e à violência contra mulheres de partidos de esquerda, em particular a líder do MAS.

Segundo a acusação, Mário Machado sugeriu no antigo Twitter a "prostituição forçada das gajas do Bloco", ao que o outro arguido, Ricardo Pais, concordou e escreveu: "Incluam as do PCP, MRPP, MAS e PS".

Para o procurador do MP, os dois acusados "agiram com o propósito de, utilizando as redes sociais, apodar de prostitutas todas as mulheres do BE, PCP, MRPP, MAS e PS e em especial Renata Cambra".

O magistrado lembra que o militante neonazi deve ser "julgado como reincidente", uma vez que já foi condenado a penas de prisão efetiva em vários processos por crimes como discriminação racial, ofensas corporais, sequestro, extorsão e posse de arma proibida.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+