Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Costa reage a suspeita: "Quando a Justiça quiser falar comigo, terei todo o gosto em esclarecer"

05 jan, 2024 - 19:45 • Redação

"Não vou falar com a Justiça através da comunicação social", referiu.

A+ / A-

António Costa garante que "quando a Justiça quiser falar comigo, terei todo o gosto em esclarecer" qualquer dúvida.

À entrada para o Congresso do Partido Socialista (PS), onde vai discursar esta sexta-feira, o secretário-geral do partido diz que partilha da curiosidade dos jornalistas sobre a suspeita de prevaricação, por parte do Ministério Público.

"Não vou falar com a Justiça através da comunicação social", concluiu, abandonando a zona mista logo de seguida.

De acordo com o "Observador", em causa estará a aprovação do novo regime jurídico de urbanização e edificação no Conselho de Ministros de 19 de outubro de 2023.

Segundo a mesma fonte, o Ministério Público refere uma alegada "lei malandra". Dias antes da aprovação, João Galamba, ex-ministro, e João Tiago Silveira terão negociado pormenores da nova lei com o administrador da Start Campus, Rui Oliveira Neves, permitindo que o data center de Sines ficasse dispensado "de um processo de licenciamento urbanístico".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+