Tempo
|
A+ / A-

Costa e o futuro. "Veremos se ainda há tempo para a política"

07 dez, 2023 - 18:43 • Ricardo Vieira

"Aguardemos que a justiça cumpra a sua missão", afirma o primeiro-ministro demissionário, que está a ser investigado na Operação Influencer.

A+ / A-
Costa e o futuro. "Veremos se ainda há tempo para a política"

"Veremos se ainda há tempo para a política", disse esta quinta-feira o primeiro-ministro demissionário, António Costa.

O chefe do Governo falava à margem da apresentação da reedição do livro "Portugal Amordaçado", de Mário Soares, que decorre na Fundação Gulbenkian, em Lisboa.

Questionado pelos jornalistas sobre o seu futuro depois do Governo e na sequência da Operação Influencer, em que está a ser investigado, António Costa não fechou portas.

"O meu destino político já expliquei. Relativamente a isso , tomei a atitude que se deve tomar quando é suscitado um problema de natureza judicial, portanto, aguardemos que a justiça cumpra a sua missão, quando a cumprir logo veremos se ainda há tempo para a política", declarou o primeiro-ministro demissionário.

"Logo veremos nessa altura se ainda há tempo para a política", reforçou António Costa.

Sobre o exemplo de Mário Soares, que foi dado como "acabado" politicamente, mas depois ainda foi eleito Presidente, o líder socialista respondeu que "acontece muitas vezes na vida política".

As declarações de António Costa acontecem a poucas horas de o Presidente da República formalizar a demissão do Governo.

Marcelo Rebelo de Sousa também marca presença na apresentação do livro "Portugal Amordaçado", de Mário Soares.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+