Tempo
|
A+ / A-

Crise política

Sondagem dá empate técnico entre PS e PSD. Chega sobe para 16%

28 nov, 2023 - 08:18 • Redação

Sondagem da Católica para Público e RTP.

A+ / A-

O Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (Cesop) da Universidade Católica Portuguesa realizou um inquérito entre 15 e 24 de novembro para a RTP, Antena 1 e Público para entender que partido ganharia as eleições se fossem "hoje".

Mesmo com a demissão de António Costa, o PSD não subiu nas intenções de voto: 29% foi para os sociais-democratas e 28% para os socialistas.

Na última sondagem, realizada em Julho, as sondagens davam ao PSD 33% e ao PS 32%.

A maior subida de intenções de voto dá-se no partido encabeçado por André Ventura, com 16%. Em Julho, o partido estava nos 10%.

Para além da subida do Chega, a Iniciativa Liberal sobe também de 7% para 9%; o PAN de 1% para 2% e o CDS de 1% para 2%. Contrariamente, as intenções no Bloco de Esquerda e no PCP descem.

A percentagem de indecisão em quem votar subiu de 18% para 22% em quatro meses.

Sem maioria absoluta, coligações é o cenário preferido

À pergunta "Se o PSD ganhar as próximas eleições legislativas sem maioria absoluta, o que será melhor para o país?", 42% dos inquiridos acredita num governo apoiado pelo PSD e um ou mais partidos à sua direita. A resposta é igual para o PS, com um governo de partidos à esquerda a deter 32%.

Em média, 27,5% dos inquiridos não vê problema em coligações com lados opostos do hemiciclo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel Joaquim SOARE
    19 jan, 2024 0 azemeis 00:01
    eu nunca botei em nenhum partido ate hoje, mas a partir de agora eu quero mudança vou votar no chega este sim, pois temos que abater os corruptos.
  • xico
    28 nov, 2023 lixa 20:16
    O Chega vai ultrapassar os 20%, o ps e o psd vão perder muitos votos.
  • Maria
    28 nov, 2023 Palmela 17:31
    Esta na hora de pararem com as greves! Os gaiatos cada vez estao mais burros! Este mes so feriados sao dois mais as ferias do natal o melhor e nao fazerem nenhum!
  • Francisco Sousa
    28 nov, 2023 Fonte do Bastardo 14:31
    O valor atribuído, nesta sondagem, ao partido Chega está claramente empolado. No entanto, para aqueles que, na comunicação social, levam ao "colo" este partido e o seu líder, dando-lhes mesmo, e frequentemente, mais destaque do que ao próprio PSD e a Luís Montenegro; ESQUEÇAM a governabilidade do país, a estabilidade, um governo para quatro anos, as reformas necessárias e que se impõem (da justiça e da administração pública, por exemplo), o progresso, a melhoria das condições de vida dos portugueses, o combate à pobreza, ...
  • FRANCISCO GONÇALVES
    28 nov, 2023 MAIA 11:53
    Espero que até 10 de Março o #CHEGA ainda atinja os 20%. E os que têm "roubado" o País e os Contribuintes, com todos os desmandos e corrupções, sejam os mais penalizados pelos Eleitores, uma vez que a Justiça não tem sido capaz de o fazer.
  • ze
    28 nov, 2023 aldeia 09:55
    As sondagens valem o que valem, mas desta vez vai haver grandes surpresas.

Destaques V+