A+ / A-

PS. José Luís Carneiro pede debate a Pedro Nuno Santos

23 nov, 2023 - 22:30 • Lusa

José Luís Carneiro pediu a Pedro Nuno Santos para "reavaliar a sua decisão", depois deste ter recusado participar em debates com os restantes candidatos à liderança, considerando que esses confrontos iriam "dar argumentos à direita" e alegando já existem "muitos espaços" para discutir internamente.

A+ / A-

O candidato à liderança do PS José Luís Carneiro incitou esta quinta-feira, em Torres Vedras, Pedro Nuno Santos ao debate, pedindo-lhe para reavaliar a sua decisão, ao defender que o debate fortalece a democracia.

"Os monólogos não são próprios das democracias. Apresentámos propostas e o Partido Socialista sairia mais forte e sairá mais forte se houver debate entre todos os candidatos", defendeu José Luís Carneiro.

O candidato socialista falava aos jornalistas, à entrada de uma sessão com militantes da Federação Regional do Oeste.

José Luís Carneiro pediu a Pedro Nuno Santos para "reavaliar a sua decisão", depois deste ter recusado participar em debates com os restantes candidatos à liderança, considerando que esses confrontos iriam "dar argumentos à direita" e alegando já existem "muitos espaços" para discutir internamente.

José Luis Carneiro recordou anteriores disputas internas para concluir que "o debate serve para apresentarem as propostas que têm para o país e e será um debate que fortalece a democracia e que os habilita a ir ao encontro dos portugueses e poder ganhar as eleições".

Às eleições diretas socialistas de 15 e 16 de dezembro apresentaram-se até agora três candidatos, o atual ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, o ex-ministro das Infraestruturas Pedro Nuno Santos e Daniel Adrião, dirigente da linha minoritária de oposição ao atual secretário-geral, António Costa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+