A+ / A-

Costa fala às 14h após segunda reunião com Marcelo em Belém

07 nov, 2023 - 12:45 • Redação

Supremo Tribunal de Justiça vai abrir um inquérito ao primeiro-ministro, que foi recebido duas vezes pelo Presidente esta terça-feira. Marcelo também esteve reunido com a procuradora-geral da República.

A+ / A-

A segunda reunião do primeiro-ministro com o Presidente da República no Palácio de Belém termimou esta terça-feira, ao final de 12 minutos. Para as 14h são esperadas declarações oficiais de António Costa.

Numa curta nota enviada às redações, o gabinete do primeiro-ministro informa que este fará uma declaração às 14h a partir da residência oficial em São Bento.

O encontro teve lugar depois de a Procuradora-Geral da República, Lucília Gago, ter estado reunida com Marcelo Rebelo de Sousa no Palácio de Belém, na sequência das várias buscas ordenadas pelo Ministério Público esta manhã.

Em comunicado enviado às redações, no rescaldo dessas buscas, a Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) vai abrir um inquérito ao primeiro-ministro, António Costa, no âmbito de uma investigação relacionada com os negócios do lítio (em Boticas e Montalegre) e do hidrogénio verde e a instalação de um "data center" em Sines.

No mesmo comunicado, a PGR explica que surgiram suspeitas “do nome e da autoridade do primeiro-ministro e da sua intervenção para desbloquear procedimentos no contexto suprarreferido”.

Costa dirigiu-se a Belém para se reunir com Marcelo num primeiro momento, tendo voltado a encontrar-se com o Presidente da República já depois da notícia de que vai ser investigado pelo STJ.

[atualizado às 13h26]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Luís Afonso de
    07 nov, 2023 Coimbra 14:36
    jÁ HÁ ANOS QUE TINHA SÉRIAS DUVIDAS DA HONESTIDADE DAS SOLUÇÕES A QUE ESTE GOVERNO FAZIA DESDE O FECHO DA REFINARIA DE MATOSINHOS QUE NOS OBRIGA A GASTAR 400 MILHÕES POR ANO PARA COMPRAR O QUE Matozinhos FAZIA E COM A MESMA POLUIÇÃO EM PROL AO HIDROGÉNIO DE SILVES . COMO TANTOS E TANTOS OUTROS CASOS
  • Americo
    07 nov, 2023 Leiria 13:40
    Boa tarde Sr. Ilustres jornalistas. Já perceberam, agora, os "negócios da TAP e da EFACEC ? Só não vê quem não quer.

Destaques V+