A+ / A-

Privatização da TAP. António Costa "regista as preocupações" de Marcelo

27 out, 2023 - 18:11 • João Pedro Quesado

O Presidente da República devolveu o diploma ao Governo esta sexta-feira.

A+ / A-

António Costa "regista" e vai ponderar "as preocupações" que Marcelo Rebelo de Sousa usou para devolver o diploma de privatização da TAP ao Governo. A reação foi enviada numa nota do gabinete do primeiro-ministro às redações.

A curta reação do primeiro-ministro, de cerca de linha e meia, indica apenas que António Costa "regista as preocupações de S.Exa. O Presidente da República, que serão devidamente ponderadas".

Esta sexta-feira, o Presidente da República "decidiu devolver ao Governo o diploma de privatização da TAP, solicitando a clarificação de três aspetos que considera essenciais".

Numa carta endereçada ao primeiro-ministro, Marcelo Rebelo de Sousa sublinha que, "tratando-se da venda de uma companhia que tem um valor estratégico fundamental para o País e tendo em conta o histórico desta matéria, incluindo o avultado montante que os contribuintes nacionais tiveram de desembolsar para salvar a TAP, na sequência da pandemia Covid-19, e a intervenção da própria Assembleia da República, através da Comissão Parlamentar de Inquérito, entendo que deve ser assegurada a máxima transparência em todo o processo que levará a uma decisão de venda do controlo da empresa".

As três questões invocadas pelo Presidente como necessitando de clarificação, que Marcelo classifica de cruciais, "podem ser dilucidadas sem demasiadas delongas, isto é, sem prejuízo para a urgência do processo", é destacado na mesma carta.

[atualizada às 18h40]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+