Tempo
|
A+ / A-

Professores. PSD propõe pagamento do tempo de serviço em cinco anos

30 set, 2023 - 19:43 • Lusa

Medida "é compatível com a gestão rigorosa dos recursos", garante Luís Montenegro.

A+ / A-

O presidente do PSD, Luís Montenegro, anunciou este sábado que o partido vai propor o pagamento faseado por cinco anos do tempo de serviços dos professores, atribuindo 20% em cada ano.

Depois de uma semana dedicada à área da educação, o presidente do PSD anunciou no Porto algumas das propostas do partido para aquele que considerou "um setor em crise" e que vão do pré-escolar à recuperação do tempo de serviço dos professores.

Aos militantes presentes na iniciativa, Luís Montenegro anunciou a intenção de pagar o tempo de serviço dos professores de forma faseada em cinco anos "a um ritmo de 20% em cada ano", medida que, disse, "é compatível com a gestão rigorosa dos recursos".

"Nós não vamos passar a ter um país com um défice descontrolado por causa disto, não vamos passar a ter uma dívida galopante. Esta medida é compatível com uma gestão rigorosa das finanças públicas e com uma gestão rigorosa dos recursos", afirma Luís Montenegro.

O líder dos sociais-democratas disse ainda que, sobre esta matéria, vai solicitar à Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) e ao Conselho de Finanças Públicas o cálculo exato do impacto orçamental da recuperação do tempo de serviço, adiantando que depois de ouvir os representantes dos professores "pode estimar-se um impacto de 250 a 300 milhões de euros".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ex-professor
    30 set, 2023 5 de out 20:51
    A proposta será obviamente recusada pelo PS, com a retórica falaciosa servida as bateladas, que é o costume lá pelas bandas do PS. O que os professores querem saber é se uma vez vencedor das Legislativas, o PSD vai impor esta medida ou só quer mostrar-se "amigo" e uma vez a medida chumbada, vir mais tarde dizer : " nós queríamos, o PS é que não deixou"?
  • Carlos manuel
    30 set, 2023 Lisboa 20:38
    Desculpem, e os outros funcionários publicos tb não merecem o tempo k esteve congelado??Estamos a brincar ???

Destaques V+