Tempo
|
A+ / A-

Eleições na Madeira. Miguel Albuquerque indigitado presidente do Governo Regional

28 set, 2023 - 15:48 • Lusa

Miguel Albuquerque indicou que conta apresentar a composição do novo Governo Regional "o mais rapidamente possível", no decurso no próximo mês.

A+ / A-

O líder do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, foi hoje nomeado presidente do XIV Governo Regional pelo representante da República, Ireneu Barreto, depois de concluídas as audições aos nove partidos que conseguiram mandatos nas eleições legislativas de domingo.

O anúncio foi feito por Miguel Albuquerque ao jornalistas, no final de uma reunião com Ireneu Barreto, no Palácio de São Lourenço, no Funchal.

Miguel Albuquerque indicou ainda que conta apresentar a composição do novo Governo Regional "o mais rapidamente possível", no decurso no próximo mês.

A coligação PSD/CDS-PP, cuja lista foi encabeçada por Albuquerque, líder dos social-democratas madeirenses e presidente do executivo, venceu as eleições, mas ficou a um deputado da maioria absoluta, tendo sido anunciado na terça-feira um acordo de incidência parlamentar com o Pessoas-Animais-Natureza (PAN), que conseguiu um mandato.

A coligação PSD/CDS-PP elegeu 23 deputados, o PS 11, o JPP cinco e o Chega quatro, enquanto a CDU (PCP/PEV), o BE, o PAN e a IL elegeram um deputado cada.

“O senhor representante [da República] incumbiu-me agora de formar governo. É isso que eu vou fazer nos próximos dias e vou fazê-lo com a celeridade possível e apresentarei depois os nomes publicamente”, disse Miguel Albuquerque, adiantando ter já “a ideia” da composição do novo executivo, que deverá registar “algumas retificações do ponto de vista orgânico”.

“A tomada de posse do Governo será seguramente antes do fim do mês de outubro”, garantiu.

O presidente do Governo Regional e do PSD/Madeira afirmou estar “perfeitamente confiante” no acordo de incidência parlamentar que estabeleceu com o PAN para os quatro anos de legislatura (2023-2027).

“Acho que vai ser um acordo à prova de bala”, declarou.

Miguel Albuquerque informou que a comissão política e o conselho regional do PSD/Madeira vão reunir-se na próxima semana para ratificar os acordos com o CDS-PP, parceiro da coligação Somos Madeira, e com o PAN.

Por outro lado, desvalorizou as críticas e os alertas de todas as forças da oposição sobre o acordo de incidência parlamentar, afirmando que atura com “paciência beneditina” as demagogias da oposição e só fica preocupado quando dizem bem de si e do seu governo.

Em relação à indicação do nome para presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, cargo atualmente ocupado pelo centrista José Manuel Rodrigues, o presidente do executivo afirmou que a decisão compete aos deputados e aos grupos parlamentares.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+