Tempo
|
A+ / A-

Líder da IL preocupado com exoneração na obstetrícia do Santa Maria

20 jun, 2023 - 16:52 • Maria Costa Lopes com Redação

Rui Rocha considera que a discordância não é motivo para afastar pessoas.

A+ / A-

O líder da Iniciativa Liberal, Rui Rocha, mostrou, esta terça feira, a sua preocupação com o afastamento do diretor de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital Santa Maria, em Lisboa.

"Isto preocupa-me", comentou Rui Rocha, em Portimão, antes da reunião com a Administração Regional de Saúde do Algarve, "parece haver aqui um clima instalado em que as pessoas não podem ter opinião".

"A discordância em si mesma não é motivo para afastar pessoas", continuou o deputado, "se é isto que está em causa é de facto muito preocupante".

Diogo Ayres de Campos foi afastado por questionar o projeto de restruturação no Hospital de Santa Maria e a colaboração com o S. Francisco Xavier.

O agora ex-diretor de Obstetrícia e Ginecologia criticou a transferência de partos para o Hospital São Francisco Xavier nos meses de agosto e setembro, situação que deu origem a um abaixo assinado subscrito por mais de 30 profissionais.

Alexandre Valentim Lourenço, o diretor interino do mesmo serviço, assegurou esta terça-feira que tudo vai ser feito para garantir a segurança das grávidas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+