Tempo
|
A+ / A-

Vitalino Canas: “Tem de haver alguma coisa que mude um bocadinho o rumo do Governo”

01 mai, 2023 - 23:10 • Redação

O constitucionalista acredita que António Costa continua a ter capital político suficiente para governar.

A+ / A-

Depois de Carlos César ter sugerido uma remodelação do Governo, o antigo deputado socialista Vitalino Canas, em declarações à Renascença, defende que esse cenário é cada vez mais provável.

“Seguramente, haverá já dentro do PS uma forte corrente a pensar que tem de haver alguma coisa que mude aqui um bocadinho o rumo do Governo”, disse.

O executivo “tem bons ministros, tem ministros menos adequados, mas é um Governo que os bons e os maus entraram aqui numa espiral de que não tenho a certeza que consiga recuperar”, assumiu.

Para Vitalino Canas, António Costa continua a ter capital político suficiente para governar e seria bom ter um recomeço.

"Aproveitando esse capital político, acho que o primeiro-ministro poderia eventualmente em alargar a base de recrutamento para o Governo", disse.

Para tal, em todo o caso, terá de apresentar um projeto de Governo "que não seja meramente uma remodelação setorial, aqui e ali".

Esta segunda-feira, em declarações à Renascença, o constitucionalista e antigo presidente do Conselho de Fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa (CFSIRP), Jorge Bacelar Gouveia, defendeu que Marcelo Rebelo de Sousa deveria convidar António Costa a formar um novo Governo, sem dissolver o Parlamento.

No entender de Vitalino Canas, demitir o Governo e formar um novo é muito melhor solução do que dissolver o Parlamento e convocar eleições.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+