Tempo
|
A+ / A-

Comissão de inquérito

Inquérito à TAP. Galamba ouvido na quinta-feira, Frederico Pinheiro um dia antes

12 mai, 2023 - 12:26 • Manuela Pires

A comissão parlamentar de inquérito vai ouvir na próxima semana o ministro das infraestruturas, a chefe de gabinete de João Galamba e o ex-adjunto do ministro.

A+ / A-

O ministro das infraestruturas vai ser ouvido na comissão parlamentar de inquérito à tutela política da gestão da TAP na quinta-feira, 18 de maio, um dia depois de serem ouvidos Frederico Pinheiro, o antigo adjunto do ministro, e Eugénia Cabaço, a chefe de gabinete de Galamba.

As audições foram marcadas esta sexta-feira de manhã na reunião de mesa e coordenadores da comissão e foram reveladas à Renascença pelo presidente da comissão parlamentar de inquérito, António Lacerda Sales, que adiantou que as datas foram consensualizadas por todos os partidos.

O pedido de audição urgente do ministro das Infraestruturas foi feito pela Iniciativa Liberal (IL) e aprovado por unanimidade. O PSD pediu a presença de Frederico Pinheiro e o Chega da chefe de gabinete de João Galamba.

As audições foram pedidas depois da polémica demissão de Frederico Pinheiro e dos acontecimentos que sucederam à sua exoneração, decidida pelo ministro.

Tudo aconteceu no dia 26 de abril, e envolveu denúncias contra Frederico Pinheiro de violência física no Ministério, furto de um computador portátil e o envolvimento do Serviço de Informação de Segurança (SIS) na recuperação do computador.

Na próxima semana, os deputados voltam a ouvir a comissão de vencimentos da TAP, que já esteve na comissão, e ainda o ex-presidente da Parpública, Pedro Ferreira Pinto. As duas audições estão agendadas para terça-feira.

Depois de uma semana agitada, com a renúncia de Jorge Seguro Sanches da presidência da CPI à TAP, fontes parlamentares relatam à Renascença que a reunião desta manhã decorreu “muito bem” e num ambiente de consensualização.

Outro tema que está em cima da mesa é o prolongamento dos trabalhos da comissão parlamentar de inquérito cujo prazo termina a 23 de maio.

Questionado pela Renascença, Lacerda Sales indica que o assunto será discutido na próxima terça-feira, em nova reunião, e será anunciada a data depois de ser consensualizada entre os partidos.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+