Tempo
|
A+ / A-

Metro Lisboa. Ministro admite que não há recursos para dar resposta a constrangimentos

10 mai, 2023 - 19:08 • Ana Fernandes Silva com Redação

A linha Verde do metro de Lisboa será reforçada com mais três carruagens e a linha Amarela com mais uma, a partir de 20 de junho, para minimizar os impactos das obras de expansão da rede, informou a empresa esta quarta-feira.

A+ / A-

O ministro do Ambiente admitiu que não há recursos suficientes para dar resposta aos constrangimentos no Metro de Lisboa.

Duarte Cordeiro refere "que não é por falta de recursos financeiros, mas porque neste momento não está a ser fácil encontrar autocarros e motoristas disponíveis para reforçar estas linhas".

"Estamos a fazer um esforço para tentar perceber o que podemos fazer mais", refere, ainda.

Noutro plano, o ministro do Ambiente foi questionado se em Portugal estão a ser pensadas medidas de combate à seca, semelhantes às que entraram hoje em vigor em França e que proíbem os consumidores de lavar os carros e encher piscinas. Duarte Cordeiro sublinha que para já, tendo em conta a situação de Portugal as mesmas medidas não são adequadas.

A linha Verde do metro de Lisboa será reforçada com mais três carruagens e a linha Amarela com mais uma, a partir de 20 de junho, para minimizar os impactos das obras de expansão da rede, informou a empresa esta quarta-feira.

Em conferência de imprensa, o presidente do conselho de administração do Metropolitano de Lisboa (ML), Vítor Domingues, revelou um conjunto de medidas para "mitigar os constrangimentos" causados pelo encerramento provisório dos troços Telheiras - Campo Grande (linha Verde) e Campo Grande - Cidade Universitária (linha Amarela), devido às obras de expansão da rede.

A retoma da circulação de comboios com seis carruagens (capacidade máxima) na linha Verde e de quatro vagões no troço Odivelas/Campo Grande da linha Amarela a partir de 20 de junho foi uma das medidas anunciadas pelo presidente do ML, ressalvando que aquela data (20 de junho) "ainda poderá ser antecipada".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+