Tempo
|
A+ / A-

PSD respeita conclusões do PR e avisa que culpa de instabilidade será de Costa

04 mai, 2023 - 20:37 • Lusa

O secretário-geral PSD reagia, na sede nacional, à declaração ao país do Presidente da República, que assinalou que irá retirar ilações do episódio protagonizado pelo ministro João Galamba, mas afirmou que procurará manter a estabilidade política.

A+ / A-
Partidos reagem à declaração de Marcelo Rebelo de Sousa ao país
Partidos reagem à declaração de Marcelo Rebelo de Sousa ao país

O secretário-geral do PSD afirmou hoje que o partido se revê na leitura feita pelo Presidente da República da situação política, respeita as conclusões do chefe de Estado e avisa que culpa de instabilidade será do Governo.

"É muito importante que os portugueses saibam que, se o calendário eleitoral vier a ser antecipado em Portugal, ou seja, se as eleições vierem a ser antecipadas e se houver instabilidade política, deve-se única e exclusivamente ao primeiro-ministro e ao Governo", acusou Hugo Soares.

O secretário-geral PSD reagia, na sede nacional, à declaração ao país do Presidente da República, que assinalou que irá retirar ilações do episódio protagonizado pelo ministro João Galamba, mas afirmou que procurará manter a estabilidade política. .

"Entre aquela que foi a leitura do primeiro-ministro e aquela que é a leitura do Presidente da República sobre a situação política em Portugal, o PSD não tem dúvidas: revê-se na leitura do Presidente da República", afirmou.

Para o secretário-geral do PSD, "um Governo que não assume a sua responsabilidade, perde confiabilidade e fragiliza a sua autoridade e credibilidade".

"No PSD respeitamos as conclusões a que o senhor Presidente da República chegou e dizemos que é necessário de facto um reforço da vigilância sobre este Governo", defendeu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • EU
    04 mai, 2023 PORTUGAL 21:24
    Senhor Secretário Geral do PSD/PPD, se eu ocupasse o seu lugar, lembraria os Portugueses que enquanto os Órgãos de Soberania andam neste BAILINHO, o País neste dia 4 de Maio de 2014 SAÍA de um PROGRAMA de ASSISTÊNCIA sem NENHUM programa CAUTELAR, depois de ter sido levado à BANCA ROTA por um Governo do PARTIDO SOCIALISTA. Repito, falar por FALAR! ! ! Reparem no tipo de CRÍTICA do PCP ao Governo.

Destaques V+