Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

TAP

Chega quer ouvir diretor do SIS sobre computador de ex-adjunto de Galamba

29 abr, 2023 - 13:40 • Salomé Esteves

André Ventura acredita que pode estar em causa a "separação de poderes", uma vez que é António Costa quem tutela os serviços de informação que terão recuperado computador de Frederico Pinheiro

A+ / A-

O Chega quer ouvir no Parlemento o presidente dos Serviços de Informação de Segurança (SIS), na sequência da ação na casa do ex-adjunte de João Galamba, Frederico Pinheiro.

SIS é tutelado pelo primeiro-ministro. O que, de acordo com o partido liderado por André Ventura, "levanta questões". Segundo o Chega, é importante saber quem acionou a intervenção dos serviços de informação, o que justifica essa intervenção em que moldes foi realizada a ação.

André Ventura acredita que a intervenção do SIS neste caso põe am causa a separação de poderes.

O partido também apela ao Presidente da República que pondere se este acontecimento põe em causa o regular funcionamento das instituições e se “maioria parlamentar tem condições para continuar a governar.

Ventura acredita que, caso Galamba não esclareça o caso, o primeiro-ministro deve demitir o ministro das Infraestruturas que está "fragilizado".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+