Tempo
|
A+ / A-

Pires de Lima à Renascença. "Todos os termos da privatização da TAP foram conhecidos"

22 fev, 2023 - 20:45 • Sandra Afonso com Redação

Pires de Lima é um dos que vai ser chamado ao parlamento para explicar o negócio. O outro é Sérgio Monteiro, antigo Secretário de Estado.

A+ / A-

O ex ministro da Economia, António Pires de Lima, garante que "todos os termos da privatização da TAP foram conhecidos".

À Renascença, o antigo membro do Governo de Passos Coelho reafirma inteira disponibilidade para falar sobre o tema e garante que tudo o que foi feito e decidido na altura é “escrutinável”.

Pires de Lima é um dos que vai ser chamado ao parlamento para explicar o negócio. O outro é Sérgio Monteiro, antigo Secretário de Estado.

A privatização da TAP decorreu em 2015. Segundo os socialistas está "em causa a utilização de dinheiro da TAP, e de contratos da TAP, para financiar a entrada de um operador privado na companhia aérea nacional".

Estas audições vão decorrer à margem do âmbito da comissão parlamentar de inquérito à tutela política da gestão da TAP, proposta pelo Bloco de Esquerda.

Pires de Lima sublinha que apenas é responsável pelo que foi decidido até 2015.

"Obviamente que sobre os outros temas, de 2020 a 2022, é um período no qual não estive no Governo e não fui responsável por decisões tomadas", aponta.

Tópicos
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+