A+ / A-

Lula em Portugal. Manifestantes "pró" e "contra" junto ao Palácio de Belém

18 nov, 2022 - 18:23 • Rosário Silva

Enquanto o presidente eleito do Brasil reunia com Marcelo Rebelo de Sousa, os manifestantes empunhavam cartazes, uns de apoio, outros de protesto, mas não se registaram incidentes.

A+ / A-
Lula recebido por apoiantes e bolsonaristas em Belém - Reportagem de Manuela Pires
Lula recebido por apoiantes e bolsonaristas em Belém - Reportagem de Manuela Pires

Dezenas de pessoas concentraram-se esta sexta-feira à tarde junto ao Palácio de Belém, em Lisboa, onde Marcelo Rebelo de Sousa recebeu Lula da Silva.

O Presidente eleito do Brasil chegou esta sexta-feira a Portugal, depois de ter participado na 27ª conferência do clima da Organização das Nações Unidas, a COP 27, em Sharm El Sheikh, no Egito.

Frente à residência oficial do presidente Marcelo, de um lado, apoiantes de Lula da Silva, do outro, apoiantes de Jair Bolsonaro.

Barreiras de metal separaram os manifestantes vestidos com as cores dos respetivos partidos que apoiam e empunhando cartazes com diferentes mensagens.

No local permaneceu um cordão policial para que os ânimos não se exaltassem, apesar do ambiente ser pacífico, de ambos os lados, sem incidentes registados.

No final da reunião, Lula da Silva e Marcelo Rebelo de Sousa não prestaram declarações aos jornalistas, o que deverá acontecer só depois do encontro com o primeiro-ministro português.

O Presidente eleito do Brasil, Lula da Silva, chegou esta sexta-feira a Portugal, com vários encontros marcados na agenda.

Depois de ter almoçado num restaurante de Lisboa, com empresários brasileiros, o presidente eleito do Brasil foi acolhido por uma pequena multidão de apoiantes, os mesmos que agora se manifestam frente ao Palácio de Belém.

O sucessor de Jair Bolsonaro vai daqui a pouco, pelas 20h00, ser recebido pelo primeiro-ministro, António Costa, na residência oficial, em São Bento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+