A+ / A-

Primeiro-ministro respondeu com "folclore político" à "substância" do PSD, critica Montenegro

20 jul, 2022 - 20:05 • João Malheiro

Questionado pelos jornalistas, Montenegro voltou a assumir que tem "uma grande honra em ter estado ao lado de Passos Coelho".

A+ / A-

O líder do PSD criticou o primeiro-ministro por ter respondido com "folclore político" ao "conteúdo e substância" do partido, durante o debate do Estado da Nação, no parlamento.

No final de debate, em reação aos jornalistas, Luís Montenegro felicitou os deputados sociais-democratas por terem feito intervenções sobre "as preocupações dos portugueses".

E aponta "um momento hilariante" em que António Costa referiu uma dessintonia do PSD, "depois da maior dessintonia de sempre de um Governo", referindo-se ao caso do aeroporto com Pedro Nuno Santos.

"O essencial da nossa intervenção centrou-se nos elementos de empobrecimento do povo português e o primeiro-ministro a isso não respondeu", lamenta.

Questionado pelos jornalistas, Montenegro voltou a assumir que tem "uma grande honra em ter estado ao lado de Passos Coelho", durante a última governação social-democrata.

"Pergunto se António Costa tem o mesmo orgulho de ter estado ao lado de Sócrates e Guterres", ironiza, ainda.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    21 jul, 2022 Lisboa 13:44
    Cabe ao PSD e à Oposição desmontar esta narrativa de pseudo-Paraíso que Costa e o PS teimam em manter todos os dias. Se o novo líder parlamentar não é homem para liderar a bancada - e teve uma falsa partida, onde Costa o "entalou" com uns escritos de há uma série de anos para outro contexto e outra época, e ele deixou-se encostar às cordas, o que não pressagia nada de bom - arranjem outro líder. Comecem é a ser Oposição. Não deixem esse papel para o Chega!
  • ze
    20 jul, 2022 aldeia 20:45
    O lider parlamentar do psd "talvez" não seja o porta bandeira que o "renovado" psd precisasse.

Destaques V+