Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia. PS favorável a estatuto de candidato mas com debate sobre "arquitetura orçamental" da UE

17 jun, 2022 - 22:17 • Lusa

Os socialistas consideram como positivo que seja dado "um sinal político forte" à Ucrânia por parte dos estados-membros da UE no Conselho Europeu que se realiza nos próximos dias 23 e 24 de junho, "e que seja mantida a coesão da UE".

A+ / A-

O PS concorda com a concessão à Ucrânia do estatuto de país candidato à adesão à União Europeia, mas defende que durante esse processo deve ser aprofundada a discussão sobre a "arquitetura institucional e orçamental do espaço da UE".

O secretário-geral adjunto do PS, João Torres, falava aos jornalistas na residência oficial do primeiro-ministro, depois da reunião com António Costa e com o secretário de Estado Adjunto, Tiago Antunes, que estão a receber os partidos com representação parlamentar para preparar o Conselho Europeu da próxima semana, em que se discutirão as candidaturas à adesão à União Europeia da Ucrânia, República da Moldova e Geórgia.

"O PS é favorável a que seja concedida à Ucrânia um horizonte de integração europeia por intermédio da concessão do estatuto de país candidato à UE. Julgamos, no entanto, que é muito importante que esse processo, que tipicamente será um processo longo e moroso, tal como sucedeu também com Portugal ,que durante esse processo seja aprofundada a discussão sobre a arquitetura institucional e também orçamental do próprio espaço da UE", afirmou. .

Os socialistas consideram como positivo que seja dado "um sinal político forte" à Ucrânia por parte dos estados-membros da UE no Conselho Europeu que se realiza nos próximos dias 23 e 24 de junho, "e que seja mantida a coesão da UE".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+