Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Ucrânia

Audição "chumbada". PS impede ida do presidente da Câmara de Setúbal ao Parlamento

06 mai, 2022 - 16:27 • Lusa

O PCP votou favoravelmente, mas a maioria absoluta do PS só aprovou a chamada do ministro da Administração Interna e da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares sobre a polémica em torno do acolhimento de refugiados ucranianos.

A+ / A-

O PS "chumbou" esta sexta-feira a audição no parlamento do presidente da Câmara de Setúbal e aprovou a do ministro da Administração Interna e da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares sobre o acolhimento de refugiados ucranianos naquele município.

Os requerimentos para chamar o presidente da Câmara de Setúbal, André Martins, eleito pela CDU (PCP/PEV), foram apresentados pelo PSD, Chega, IL e PAN e chumbados com os votos contra dos deputados do PS e os votos favoravéis dos restantes partidos, incluindo o PCP.

"Parece-nos que a resposta perante o órgão de fiscalização político de uma Câmara Municipal é a respetiva Assembleia municipal", justificou o deputado do PS Pedro Delgado Alves.

A Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias debateu e votou hoje vários requerimentos apresentados por PSD, Chega, IL, PCP e PAN para ouvir várias entidades sobre o acolhimento de refugiados ucranianos no município de Setúbal por funcionários alegadamente simpatizantes do regime russo.

Foram também aprovadas as audições do ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, e a da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, - que tem a tutela da Igualdade e Migrações - por unanimidade.

O semanário Expresso noticiou no passado dia 29 de abril que refugiados ucranianos foram recebidos na Câmara de Setúbal por russos simpatizantes do regime de Vladimir Putin e que responsáveis pela Linha de Apoio aos Refugiados estão a fotocopiar documentos dos refugiados, entre os quais passaportes e certidões das crianças.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    06 mai, 2022 Lisboa 18:22
    O curioso é que seja com quem se fala, "ninguém", mas "ninguém", votou PS... Mas que engraçado: o PS teve uma Maioria absoluta com votos de ... Marcianos... Deve ser isso que por cá "ninguém" votou PS ...Votaram neles, deram-lhes Maioria absoluta. Agora, não se queixem ...

Destaques V+