Tempo
|
A+ / A-

Ministro das Infraestruturas garante que TAP tem pilotos para garantir voos

22 abr, 2022 - 20:42 • Lusa

Pedro Nuno Santos frisou que "a TAP está a passar por um momento muito conturbado da sua vida, da sua história, talvez o maior de sempre".

A+ / A-

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, garantiu esta sexta-feira, em Melgaço que não há falta de pilotos na TAP, rejeitando esse motivo para o cancelamento de voos durante a Páscoa. .

"Não temos esse problema falta de pilotos e, se ele vier a existir, se houver necessidade, a TAP, rapidamente, consegue colmatá-lo", afirmou o governante.

Questionado pela agência Lusa, com a posição assumida, na segunda-feira, pelo Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) que foram cancelados 30 voos da TAP na Páscoa, "muitos relacionados com inexistência de pilotos disponíveis", o governante desmentiu aquela razão, tal como já o tinha feito a transportadora aérea nacional.

"Os voos não foram cancelados por falta de pilotos. Houve um conjunto vasto de razões, mas a razão para o cancelamento de alguns voos não teve a ver com a razão que foi apontada", disse sem especificar os motivos.

Pedro Nuno Santos frisou que "a TAP está a passar por um momento muito conturbado da sua vida, da sua história, talvez o maior de sempre".

A empresa, enfatizou, "está num processo de recuperação, de reestruturação, cumprindo um plano muito exigente", que "está a conseguir cumprir e está a cumprir superando as metas que estavam acordadas com a Comissão Europeia".

"Esse é o aspeto mais positivo a que nos temos de agarrar. Temos um plano de reestruturação que tem uma meta para atingir um resultado operacional equilibrado e o lucro. Se a TAP continuar no caminho que está a fazer vai conseguir atingir. Isso é o mais importante. Conseguirmos ter uma empresa que seja viável e continue a servir a economia portuguesa", sustentou.

O ministro das Infraestruturas encerrou a conferência "Desafios da Cooperação Transfronteiriça, Conectividade e Acessibilidade Territorial: Qual o posicionamento do território do Alto Minho?" que decorreu hoje na Escola Superior de Desporto e Lazer (ESDL) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, numa iniciativa da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+