Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia

Líder parlamentar do PSD defende embargo total à compra de gás e petróleo russos

13 abr, 2022 - 16:06 • Lusa

Paulo Mota Pinto falava no Parlamento.

A+ / A-

O líder parlamentar do PSD, Paulo Mota Pinto, defendeu esta quarta-feira a extensão das sanções à Rússia pela invasão à Ucrânia, incluindo “embargos totais às compras de gás e petróleo russos”.

Numa declaração política na Assembleia da República, Mota Pinto defendeu que “Portugal deve, sem hesitações, apoiar a luta heróica e não apenas ‘estar quase’ como apoiante, no diagnóstico que foi feito pelo presidente Zelensky há umas semanas”.

“E deve defender a extensão das sanções aplicadas ao agressor, a independência energética europeia e o embargo totais às compras de gás e petróleo russos, bem como julgamento dos responsáveis pelos crimes de guerra cometidos”, defendeu.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+