Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia

Santos Silva promete sanções à Rússia em "escala nunca vista" se houver conflito

07 fev, 2022 - 21:37 • Susana Madureira Martins com Redação

O ministro dos Negócios Estrangeiros crê que a "diplomacia está a funcionar" e que o canal de comunicação política não ter sido interrompido é uma "boa notícia".

A+ / A-

O ministro dos Negócios Estrangeiros promete sanções à Rússia "numa escala nunca vista" se a tensão com a Ucrânia se agravar para um conflito militar.

Ouvido pela Renascença e pela Lusa, à margem do lançamento do livro "Relação da Primeira Viagem em torno do Mundo", Augusto Santos Silva defende que é necessário continuar a "esgotar" a via diplomática, mas avisa que qualquer reação agressiva terá uma resposta à altura da União Europeia.

"Serão medidas no plano político e no plano económico que, na nossa opinião, uma invasão da Ucrânia justificará", explica.

O ministro realça que esse desfecho não é o que "a Europa quer", contudo pede que a Rússia crie um clima de confiança.

"O que queremos é encontrar uma solução para os problemas que se vivem hoje na fronteira leste da Europa. Em vez da Rússia seguir uma escalada de hostilidade, deve assumir com a NATO medidas para criar confiança que são absolutamente essenciais", defende Augusto Santos Silva, na entrevista à Renascença e à Lusa.

O ministro dos Negócios Estrangeiros crê que a "diplomacia está a funcionar" e que o canal de comunicação política não ter sido interrompido é uma "boa notícia".

"Estamos a trabalhar, estamos a preparar as respostas às cartas do ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia", indica, apontando que a mensagem da NATO "tem sido sempre a mesma e tem sido coerente".

Tópicos
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+