Tempo
|
A+ / A-

Legislativas 2022

Reação às projeções: PAN disponível para entendimentos (mas pode não eleger deputados)

30 jan, 2022 - 20:38 • Fábio Monteiro

Em 2019, o PAN elegeu quatro deputados, amealhou 173.931 votos. Agora corre o risco de ficar fora do Parlamento.

A+ / A-

O PAN deverá ser um dos derrotados da noite eleitoral, tendo em conta as projeções avançadas pelas televisões. E corre mesmo o risco de ficar fora do Parlamento.

De acordo com a sondagem ICS/ISCTE-GFK, para a SIC, o PAN deverá reunir 0,5 a 3,1% votos, elegendo um a três.

Já a projeção da Universidade Católica para a RTP traça um cenário mais negro: conseguir 1 a 3% dos votos, podendo não eleger nenhum deputado ou, no melhor dos cenários, dois.

Em declarações aos jornalistas, Ricardo Vicente, membro da comissão permanente do PAN, reagiu com cautela às projeções. "É preciso esperar pelo fim da noite", disse.

Ricardo Vicente afirmou também que é “prematuro” reagir a números, remetendo para o “apuramento final dos resultados”.

O dirigente do PAN deixou, ainda assim, a porta aberta a futuros entendimentos. O partido “já demonstrou disponibilidade no passado para fazer passar aquilo que são as causas e ideias [do PAN] e trabalhar em conjunto com outras forças políticas”, afirmou.

Durante a campanha, o PAN foi um dos partidos que, tanto pelo PS como PSD, foi colocado na posição de possível parceiro de governação.

Todas as projeções dão a hipótese do PS chegar à maioria absoluta.

Em 2019, o PAN elegeu quatro deputados, amealhou 173.931 votos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+