Tempo
|
A+ / A-

Sondagem

PS lidera intenções de voto, com PSD mais próximo. Chega regista a maior quebra

15 nov, 2021 - 10:30 • Redação

Sondagem revela um aumento nas intenções de voto do PAN e CDS-PP. Bloco de Esquerda, CDU, Livre, Iniciativa Liberal e Chega apresentam um decréscimo face à sondagem realizada em setembro.

A+ / A-

O Partido Socialista mantém a liderança na corrida eleitoral, com 39% das intenções de voto, seguido do PSD, cada vez mais próximo (28,1%).

De acordo com a sondagem da Intercampus para o “Correio da Manhã” e “Jornal de Negócios”, divulgada esta segunda-feira, PAN e CDS-PP completam a lista de partidos com uma subida nas intenções de voto, em comparação com o último barómetro, apresentado em setembro. O PAN soma 4.4% e o CDS 2.0%.

Bloco de Esquerda (7.7%), CDU (5.5%), Livre (0.2%), Iniciativa Liberal (4.2%) e Chega (6.3%) apresentam uma quebra.

É a segunda sondagem que atribui 39% das intenções de voto ao PS. O barómetro da Aximage apontava resultados semelhantes, com 38.5% para o PS.

Na avaliação de líderes partidários, António Costa ocupa a posição cimeira, apesar de registar uma quebra (3.2 em 5). Já Rui Rio é o único dos oito que mantém o valor (2.8) e garante o segundo lugar. André Ventura surgem no fim da tabela com 1.9, numa escala de 0 a 5.

A ministra da Saúde, Marta Temido, foi aquela que assegurou a melhor avaliação junto dos inquiridos. Já António Cabrita, ministro da Administração Interna,foi considerado por 40.8% dos participantes o pior ministro do atual Governo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+