Tempo
|
A+ / A-

Autárquicas: CDU destaca reforço em Lisboa e Porto aguarda por Almada

26 set, 2021 - 22:04 • Lusa

Em relação a "Almada teremos ainda de ver, porque o intervalo é relativamente grande", diz a dirigente comunista Margarida Botelho.

A+ / A-

A dirigente comunista Margarida Botelho considerou hoje que as projeções em Lisboa e no Porto são positivas e apontam para a consolidação e reforço da CDU nestas autarquias, mas disse que ainda é cedo para falar sobre Almada.

"As projeções que se conhecem, nomeadamente, de Lisboa e do Porto, são de sentido positivo, de consolidação, de reforço da CDU. A de Almada teremos ainda de ver, porque o intervalo é relativamente grande", defendeu a membro do Comité Central do PCP, depois de conhecidas as primeiras projeções das eleições autárquicas, no SANA Metropolitan Hotel, em Lisboa, local escolhido pela coligação para acompanhar a noite eleitoral, a poucos metros de distância da sede do PCP, na Rua Soeiro Pereira Gomes.

Margarida Botelho acrescentou que este sentido "de reforço também corresponde àquilo" que a coligação percecionou durante a campanha eleitoral.

De acordo com as projeções das televisões, o terceiro lugar em Lisboa é apontado à candidatura da CDU, encabeçada por João Ferreira, com uma votação entre 10% e 13% (um a dois mandatos). Já no Porto, a candidatura da CDU, liderada por Ilda Figueiredo, terá entre 6,5 e 10,5% (um mandato).

A abstenção nas eleições autárquicas de hoje situou-se entre 45% e 50%, de acordo com projeções divulgadas pela RTP e pela SIC.

Nas últimas eleições autárquicas, realizadas em 1 de outubro de 2017, a abstenção foi de 45,03% - a segunda percentagem mais alta em eleições locais. O recorde foi atingido nas autárquicas de 2013, nas quais se registou uma abstenção de 47,40%.

A Coligação Democrática Unitária (CDU) - composta pelo Partido Comunista Português (PCP), pelo Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) e pela associação Intervenção Democrática (ID) - concorreu a 305 câmaras nas eleições autárquicas hoje.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+