Tempo
|
A+ / A-

Autárquicas

PSD e CDS-PP mais confiantes na vitória depois de debate em Lisboa

03 set, 2021 - 21:04 • Lusa

Rui Rio destaca um "discurso muito afirmativo e conhecedor da cidade" por parte de Carlos Moedas.

A+ / A-

Os presidentes do PSD e do CDS-PP manifestaram-se esta sexta-feira confiantes que a prestação do candidato à Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, no primeiro debate televisivo pode levar a coligação "Novos Tempos" à vitória, desvalorizando questões internas.

Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos acompanharam Carlos Moedas na descida de parte da Avenida da Almirante Reis, escolhida pela sua "multiculturalidade" e para denunciar os problemas com as ciclovias ali construídas, mas foi o debate de quinta-feira na SIC que animou a iniciativa.

"O presidente da Câmara de Lisboa parecia um candidato vindo de fora, que não consegue responder cabalmente às questões e às críticas, vi uma grande fragilidade", apontou o líder do PSD.

Em contraponto, Rio destacou "um discurso muito afirmativo e conhecedor da cidade" de Moedas, considerando que o primeiro debate cumpriu o objetivo de mostrar que há "um presidente de câmara frágil e uma oposição com possibilidades de ganhar estas eleições".

"Temos a ambição de vencer as eleições na Câmara de Lisboa, o debate foi bastante ilustrativo sobre o potencial ganhador desta candidatura", corroborou Francisco Rodrigues dos Santos, que apontou Moedas como a única opção para os que "querem afastar o socialista" da autarquia da capital.

O líder do CDS-PP considerou que Medina "continua a não responder pela má gestão que tem feito na cidade" e alertou que a sua "simpatia" com BE e PCP é sinal de mais uma oportunidade perdida".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+