Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

#Presidenciais 21

Tiago Mayan Gonçalves: "Se depender de mim, o extremismo não será opção ao socialismo que temos de combater"

24 jan, 2021 - 22:45 • Redação

Candidato à Presidência da República diz que valeu a pena "sair do sofá" e apresentar a sua candidatura pelas ideias que acredita. "Resultado demonstra o crescimento consolidado da onda liberal".

A+ / A-

Tiago Mayan Gonçalves, candidato à Presidência da República da Iniciativa Liberal, mostra-se muito satisfeito pelos resultados eleitorais da sua campanha, que ficará, ao que tudo indica, na sexta posição.

Em declarações aos jornalistas esta noite, Tiago Mayan Gonçalves revela que os resultados mostram o "crescimento da onda liberal" e diz que valeu a pena "sair" do sofá e apresentar a sua candidatura.

"Percebi que havia um espaço político que se arriscaria a ficar sem voz nestas eleições e não o podia permitir. Tomei a decisão certa. Os números sinalizam o crescimento desta onda liberal. Hoje há cada vez mais gente a querer um caminho que não passa pelas ideias dos últimos 40 anos, mas não alinham em quem quer colocar portugueses contra portugueses. O extremismo não vencerá, se depender de mim, e não será opção ao socialismo que temos de combater", afirma.

O candidato e fundador da IL realça que os resultados desta noite dão força ao partido para o futuro: "Resultado demonstra o crescimento consolidado da onda liberal, que nos dá muita confiança para o futuro do partido e das ideias liberais em Portugal".

Tiago Mayan Gonçalves diz que amanhã regressa à "sua vida de cidadão", e continuará a ser membro ativo na Iniciativa Liberal:

"Vim como cidadão e amanhã volto a ela, mas valeu a pena sair do sofá e lutar pelo que acredito. Se nada ficar depois das luzes se apagarem, que fique esta mensagem: vale sempre a pena lutarmos livres e com coragem pelo que acreditamos. Nunca aceitem que vos digam que não és capaz", termina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+