Tempo
|
A+ / A-

OE2021

Bloco sem condições para viabilizar Orçamento "com o que se conhece neste momento"

12 out, 2020 - 11:21 • Redação com Lusa

O BE diz que aguarda conhecer o documento e "eventuais evoluções do Governo".

A+ / A-

Veja também:


A coordenadora do Bloco de Esquerda afirmou esta segunda-feira que, com o que se conhece neste momento, o partido não tem condições para viabilizar o Orçamento do Estado para 2021, mas aguarda conhecer o documento e “eventuais evoluções do Governo”.

Numa entrevista à Antena 1 no dia em que a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) será entregue no parlamento, Catarina Martins assegurou que o BE “não parou as negociações, não retira as suas propostas de cima da mesa e não fecha nenhuma porta”.

“Com aquilo que se conhece neste momento, eu não creio que o Bloco de Esquerda tenha possibilidade de viabilizar o Orçamento do Estado, mas aguardo conhecer o documento, aguardo eventuais evoluções da parte do Governo e a direção do BE tomará essa decisão em devido tempo”, afirmou.

Um aumento extraordinário das pensões, um subsídio de risco para profissionais de saúde em tempo de pandemia e outro para trabalhadores com baixos rendimentos, estágios na Função Pública, mais crédito para as autarquias são algumas das medidas já conhecidas da versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2021, a que a Renascença teve acesso.

O documento foi aprovado no domingo, em Conselho de Ministros eletrónico, e vai ser entregue esta segunda-feira, na Assembleia da República. Algumas das medidas já conhecidas correspondem a exigências da esquerda para deixar passar o OE 2021.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+