A+ / A-

Parlamento ameaça Joe Berardo com queixa ao Ministério Público

19 jun, 2019 - 19:06 • Redação

Os deputados votaram esta quarta-feira à tarde uma deliberação que dá poderes ao Parlamento para agir se a Associação Coleção Berardo não enviar a documentação pedida.

A+ / A-

A comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) ameaça Joe Berardo com uma queixa ao Ministério Público.

Os deputados votaram esta quarta-feira à tarde uma deliberação que dá poderes ao Parlamento para agir se a Associação Coleção Berardo não enviar a documentação pedida.

O argumento do empresário madeirense tem sido que a associação não é cliente da Caixa e, por isso, não tem de enviar informação à Assembleia da República.

Luís Leite Ramos, presidente da comissão parlamentar de inquérito, adianta, que se nada for feito, dentro de uma semana agirá em conformidade na justiça.

“Se os documentos não vierem no tempo que está estipulado na lei ou se se mantiver esta falta de vontade da Associação Coleção Berardo de nos enviar os documentos, agiremos em conformidade e vamos participar ao Ministério Público deste crime de desobediência”, avisou o deputado.

A comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos retomou esta quarta-feira com uma audição ao antigo ministro das Finanças Teixeira dos Santos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+