Tempo
|
A+ / A-

PCP diz que ​confissão" de Núncio responsabiliza também PSD e anterior Governo

26 fev, 2017 - 14:41

João Oliveira acusa anterior executivo de fazer "vista grossa" às fugas para "offshores", enquanto "esmagava os trabalhadores e o povo".

A+ / A-

O PCP considera que a "confissão" do ex-secretário de Estado Paulo Núncio no caso das transferências para “offshore” responsabiliza não só o CDS, mas também o PSD e o anterior Governo.

O antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Paulo Núncio assumiu no sábado a "responsabilidade política" pela não publicação de dados relativos às transferências de dinheiro para “offshore”, pedindo o abandono das suas funções atuais no CDS-PP.

"Esta confissão do dr. Paulo Núncio confirma a responsabilidade do PSD e do CDS nesta questão das 'offshores', mas confirma também a política de dois pesos e duas medidas do Governo PSD/CDS, que esmagou os trabalhadores e o povo com aumentos de impostos, com cortes de direitos, com o empobrecimento forçado, ao mesmo tempo que fazia vista grossa a 10 mil milhões que saíam do país sem controlo por parte do Governo relativamente ao cumprimento de obrigações fiscais", disse o líder parlamentar do PCP, João Oliveira, à agência Lusa.

O deputado comunista considera, por isso, que não é apenas Paulo Núncio e o CDS que devem ser responsabilizados, mas o PSD, o CDS e o seu Governo, "por esta política de dois pesos e duas medidas".

"Por outro lado, nós julgamos que esta decisão individual e pessoal do dr. Paulo Núncio não apaga a necessidade de esclarecimento cabal de toda a dimensão e extensão desta responsabilidade política e não apaga, obviamente, a necessidade de apurar exactamente qual é a extensão do problema, nomeadamente relativamente ao cumprimento de obrigações fiscais que ficou por fazer relativamente a estes 10 mil milhões de euros", acrescentou.

João Oliveira garantiu que o PCP não prescindirá de nenhum dos instrumentos parlamentares ao seu dispor para que esse "apuramento cabal de toda a extensão da responsabilidade política seja feita e para que o PSD e o CDS sejam devidamente responsabilizados por aquilo que é uma atitude inaceitável e por aquilo que é a confirmação dessa política de dois pesos e duas medidas".

Na noite de sexta-feira, o antigo director-geral do fisco Azevedo Pereira garantiu ter solicitado, por duas vezes, ao ex-secretário de Estado Paulo Núncio autorização para publicar dados relativos às transferências de dinheiro para 'offshore', mas "em nenhum dos casos" esta lhe foi concedida.

Em causa estão transferências de dinheiro para paraísos fiscais concretizadas entre 2011 e 2014, durante a governação PSD-CDS, sem qualquer controlo estatístico por parte da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), como a lei obriga, e que levaram já os partidos com assento parlamentar a solicitar uma audição urgente do actual e do anterior secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

Paulo Núncio, num texto enviado à Lusa, lembra que a AT "tem, desde 2012, a possibilidade de liquidar todos os impostos devidos nestas situações no prazo alargado de 12 anos (anteriormente este prazo era de 4 anos)", e "nestes termos, quaisquer impostos que sejam devidos nestas situações poderão ser cobrados pela AT até 2024, evitando-se assim o risco de perda da receita do Estado".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • rosinda
    27 fev, 2017 palmela 00:46
    Na vila de palmela e outra miseria joao" nao se ve mosca mascarada em domingo de carnaval o presidente da camera so faz carnaval no pinhal novo e uma desgraça "o melhor que tens fazer e nao bateres muito no ceguinho !
  • rosinda
    27 fev, 2017 palmela 00:37
    o vitoria de setubal a estatua de jacinto joao e fumo do homem das castanhas nao sao sufientes para alegrar a cidade de setubal em domingos de carnaval !E melhor nao esgravatares muito nos off joao! espalhas muita areia com o bico .
  • rosinda
    26 fev, 2017 palmela 23:18
    assuntos que digam respeito a caixa geral de depositos os partidos que suportam o governo comportam-se como partidos da direita !O psd e o cds comportam-se como partidos de esquerda alguma coisa esta errada!
  • rosinda
    26 fev, 2017 palmela 23:08
    claro que sim! E os partidos que suportam este governo tem feito ouvidos de mercador no que toca a caixa geral de depositos!
  • Joaquim Soares
    26 fev, 2017 Famalicão 18:31
    Sr. João Oliveira acusar é fácil e não quero dizer que não tenha razão, mas porque não fala dos 10.000.000€ que se "piraram" neste governo, e andam à procura, pois já não interessa!! então que coerência há no PCP?
  • Miguel Sardo
    26 fev, 2017 Moncorvo 17:01
    Olha rapazinho onde está o papel dos Impostos pagos do dinheiro entrado da antiga União soviética e da saída Para os libertadores das ex colônias, sabendo que esse dinheiro sujo era para comprar armamento para matarem os soldados zPortigurses. Declararam esse dinheiro.Se o tivessem feito hoje sabiamos mais do Que sabemos hoje.Estejam calados e Vejam se ganham vergonha.A vossa bofaria de militância está a tornar este Pais um lugar mal frequentado.E estão a deixar o Marcelo mal visto, porque a crispaçâo está ap máximo quer na política,desporto e toda a sociedade civil.Onde estão só criam mal ambiente.São Putins autenticos e por ele comandados.Ele quer incendiar o mundo e vos por cá já estão a começar.
  • SÓ FOLCLORE
    26 fev, 2017 Lx 17:01
    Um verdadeiro hipócrita este comunista empedernido que ainda não percebeu que o muro de Berlim caíu há mais de 25 anos...Este badameco nada diz sobre a ditadura em Angola, sobre a CGD e outros temas obscuros da desgovernação esquerdista que nos vai deixar depenados mais uma vez. kamaradas. Deixem as comissões parlamentares funcionar e não escondam a verdade....O povo quer saber onde pára o dinheiro ca CGD pois somos n´so que vamos pagar a roubalheira dos Varas e amigos..Onde andam os comunistas que teciam críticas aos esquemas da CGD e outros bancos roubados por pulhas? Meteram as críticas no bolso não é kamarada? HIPÓCRITAS estes comunistas que finalmente tiraram a máscara...
  • Teresa.
    26 fev, 2017 Lisboa 16:33
    Mesmo que neve em Lisboa a culpa é do PSD. Fantoches.

Destaques V+