A+ / A-

Está a pensar ir à praia? Veja os conselhos da Autoridade marítima

12 abr, 2024 - 13:03 • Olímpia Mairos

Apesar das temperaturas altas, “o mar, nesta época do ano, é um mar de inverno”, avisa a AMN.

A+ / A-

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) aconselha a população a adotar comportamentos de segurança numa eventual ida à praia ou zonas costeiras, evitando expor-se desnecessariamente ao risco.

Em comunicado, lembra que a previsão do tempo aponta para um aumento das temperaturas neste fim de semana e adverte que “o mar, nesta época do ano, é um mar de inverno”.

“É importante ter em conta que o mar, nesta época do ano, é um mar de inverno e apresenta um risco elevado devido aos efeitos da agitação marítima, apresentando também a sua morfologia alterada pelo efeito da ondulação forte que normalmente se verifica neste período do ano, criando nas praias zonas de fundões, declives acentuados e maior ocorrência de agueiros, que são a maior causa de morte por afogamento nas praias portuguesas”, indica.

Segundo a Autoridade Marítima, “a esmagadora maioria das praias portuguesas não se encontra vigiada nesta altura do ano, isto é, não apresentam dispositivo de segurança balnear”.

A resposta a uma situação de socorro poderá ser demorada, pelo que a população deverá ter um comportamento adequado e responsável, não se colocando em situações de risco”, avisa.

Comportamentos de segurança que deve adotar:

  • Vigiar permanentemente as crianças e não permitir que se afastem, mantendo-as sempre próximas de um adulto;
  • Evitar comportamentos de risco, não se aproximando da água ou caminhar na areia molhada;
  • Não virar as costas ao mar e oferecer sempre uma distância de segurança em relação à linha de água, evitando ser surpreendido por uma onda;
  • Caso testemunhe uma situação de perigo dentro de água, não entre e peça ajuda através do 112.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+