Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Vouzela. Cerca de oito mil galinhas mortas em incêndio

04 abr, 2024 - 10:26 • Lusa

O alerta para o incêndio foi pelas 7h21.

A+ / A-

Um incêndio num aviário, esta quinta-feira, provocou a destruição total do edifício e a morte de cerca de oito mil galinhas, disse à agência Lusa o adjunto do comando dos Bombeiros Voluntários de Vouzela.

"À nossa chegada o aviário já estava totalmente tomado pelas chamas, mas conseguimos que ficasse circunscrito ao aviário, já que se encontra junto da localidade de Rebordinho", referiu Pedro Mateus.

O adjunto do comando dos Bombeiros de Vouzela disse ainda que o incêndio, cujas "causas ainda se desconhecem, destruiu por completo o edifício do aviário e provocou a morte a cerca de oito mil galinhas".

Segundo o Comando Sub-regional da Proteção Civil Viseu Dão Lafões, o alerta para o incêndio foi pelas 07h21, para o aviário localizado em Rebordinho, no concelho de Vouzela, distrito de Viseu.

Para o combate ao incêndio, que foi considerado resolvido pelas 07h59, foram mobilizados 21 operacionais, apoiados por oito veículos dos Bombeiros Voluntários de Vouzela e da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+