Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Corpo de presumível mariscador encontrado em zona lodosa da Moita

04 abr, 2024 - 00:38 • Lusa

Vítima será um mariscador nigeriano desaparecido desde 26 de março.

A+ / A-

O corpo de um homem, que se presume ser de um mariscador nigeriano desaparecido desde 26 de março, foi encontrado hoje à tarde numa zona lodosa, no concelho da Moita, distrito de Setúbal, informou a Autoridade Marítima Nacional.

Numa nota, a Autoridade Marítima revelou que "na sequência de um alerta recebido pelas 14:50, a informar da presença de um corpo encontrado na zona lodosa, na Moita, deslocaram-se de imediato para o local elementos do comando-local da Polícia Marítima de Lisboa e dos Bombeiros Voluntários da Moita".

"O óbito foi declarado no local pelo delegado de saúde, tendo o corpo sido removido da zona lodosa para uma zona segura pelos Bombeiros Voluntários da Moita", lê-se na nota, desconhecendo-se "as causas que estão na origem da ocorrência".

Após perícias efetuadas pela Polícia Judiciária, "a vítima será transportada para o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses de Lisboa", tendo também sido ativado o gabinete de Psicologia da Polícia Marítima, é ainda referido na nota.

De acordo com a Autoridade Marítima Nacional, o comando-local da Polícia Marítima de Lisboa tomou conta da ocorrência.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+