Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Seca. Albufeira lança medidas para reduzir consumos de água

03 abr, 2024 - 16:00 • Lusa

A Câmara de Albufeira, no distrito de Faro, vai lançar um conjunto de medidas para promover a redução do consumo de água e comportamentos que conduzam a uma gestão mais eficaz dos recursos hídricos, foi hoje anunciado.

A+ / A-

A Câmara de Albufeira, distrito de Faro, vai lançar um conjunto de medidas para promover a redução do consumo de água e os comportamentos que levem a uma gestão mais eficaz dos recursos hídricos. Em comunicado, o município indicou que adotou um conjunto de 23 medidas que visam dar resposta à situação de seca hidrológica em que se encontra a região do Algarve, cuja "explicação detalhada vai ser enviada à população com a próxima fatura da água".

O objetivo "é que todos tomem consciência da gravidade da situação e adotem os comportamentos adequados", pois apesar da chuva registada na última semana, o Algarve continua em situação de seca hidrológica extrema, "com níveis baixíssimos de água subterrânea e reservas superficiais", lê-se na nota.

"Se não houver uma redução efetiva dos consumos, o fornecimento de água à população e às empresas fica seriamente comprometido, com enormes prejuízos para as famílias e para a economia local", alertou o presidente da Câmara de Albufeira, José Carlos Rolo, citado na nota.

Entre as medidas para promover a redução dos consumos, a autarquia vai disponibilizar "de forma gratuita, um serviço de auditoria e aconselhamento aos maiores consumidores de água do concelho".

A medida, aponta, "visa sensibilizar para a necessidade de substituir plantas que exigem elevado consumo de água, por espécies vegetais autóctones, mediterrânicas e resilientes às alterações climáticas".

O projeto de colaboração gratuito com os grandes consumidores, para o qual vão ser disponibilizados os serviços técnicos de arquitetura paisagista e gestão de rega municipais, pretende apoiar as unidades hoteleiras com espaços verdes e fazer um diagnóstico e aconselhamento relativamente às zonas relvadas existentes nas propriedades.

"A equipa técnica começa por fazer uma auditoria ao local, após o que irá sugerir planos de plantação, equipamentos de rega e espécies de baixa necessidade hídrica, de acordo com a natureza e arquitetura das zonas ajardinadas", realça a autarquia. .

O serviço é gratuito mas está sujeito a marcação prévia através do endereço eletrónico espacosverdes@cm-albufeira.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+