A+ / A-

Restaurante em Odivelas vandalizado com letra Z. Associação ucraniana preocupada

13 mar, 2024 - 18:07 • Lusa

O caso sucede-se a outra ação semelhante junto do busto do poeta ucraniano Taras Shevchenko, no Restelo, em meados de fevereiro.

A+ / A-

Um restaurante ucraniano na Pontinha, Odivelas, foi vandalizado, esta quarta-feira, com a letra Z, sinal de apoio à invasão russa da Ucrânia, uma intimidação que preocupa a associação de imigrantes, porque visa ativistas ucranianos.

"É um sinal de atividade pró-Putin em Portugal", afirmou Pavlo Sadhoka, da Associação de Ucranianos em Portugal.

Este caso sucede-se a outra ação semelhante junto do busto do poeta ucraniano Taras Shevchenko, no Restelo, em meados de fevereiro.

"Então foi num local público, mas agora é num restaurante e é junto da casa do dono. Toda a gente sabe que o proprietário vive no mesmo sítio", disse Pavlo Sadhoka, afastando a possibilidade de existir um sentimento anti-ucraniano em Portugal.

"Temos todo o apoio da sociedade portuguesa, Portugal tem sido solidário e nosso amigo. Isto são coisas diferentes, para intimidar", explicou, recordando que o proprietário do restaurante é "alguém que assume a defesa pública da Ucrânia" e "isso não agrada a algumas pessoas".

A proprietária do restaurante disse à Lusa que o casal já recebeu outras ameaças mas sempre relativizou. "Houve sempre coisas, ligavam a falar em russo e a dizer que faziam coisas, mas nunca liguei", recorda.

Hoje, viram dois "Z" pintados nas paredes do restaurante e querem levar o caso à polícia.

"Isto tem que se saber", disse Svetlana, embora admitindo que agora já olha para este tipo de incidentes com outros olhos. .

"Não tenho medo, mas isto preocupa, claro!", disse.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+