Tempo
|
A+ / A-

Proteção Civil alerta para possibilidade de inundações e queda de árvores

22 fev, 2024 - 19:06 • Lusa

A previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera aponta para períodos de chuva, em especial no Norte e Centro, podendo ocorrer trovoada e queda de neve.

A+ / A-

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou esta quinta-feira para a possibilidade de inundações, quedas de árvores e acidentes rodoviários devido às previsões de chuva, neve, vento e agitação marítima para os próximos dias.

O aviso à população da ANEPC tem por base a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) de períodos de chuva, em especial no Norte e Centro, podendo ocorrer trovoada e queda de neve acima dos 800 a 1000 metros de altitude, com maior acumulação a partir dos 1000 metros.

Está igualmente previsto vento até 35 quilómetros por hora, com rajadas até 85 km/hora, nas terras altas.

As ondas poderão atingir os 12 metros de altura, a norte do Cabo Raso.

A ANEPC alerta que é expectável piso rodoviário escorregadio, devido à acumulação de gelo, neve e formação de lençóis de água, bem como queda de neve em áreas e altitudes "onde habitualmente não se verifica".

Em comunicado, a Autoridade alertou igualmente para possíveis inundações "nos locais historicamente mais vulneráveis" e em zonas urbanas.

Entre as medidas preventivas, a ANEPC recomenda uma maior atenção aos grupos mais vulneráveis: crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem-abrigo.

Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima são outras recomendações.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+