Tempo
|
A+ / A-

Novo Aeroporto

Alcochete. "Uma vila bairrista e pacata que vai deixar de o ser"

06 dez, 2023 - 11:00 • João Cunha

Alcochete foi um dos municípios, com Vendas Novas, a ser apontado pela Comissão Técnica Independente como melhor localização para o futuro aeroporto de Lisboa. Em Alcochete, população está apreensiva.

A+ / A-
Alcochete. "Uma vila bairrista e pacata que vai deixar de o ser"

Antes de ir para o trabalho em Lisboa, Liliana Nuno deixa o filho na creche, no centro histórico de Alcochete, onde na praça central está por esta altura um Mercado de Natal.

Ter um aeroporto no Campo de Tiro de Alcochete tem prós e contras.

"Muito mais trânsito e muito mais gente. São pelo menos estes os fatores negativos", considera esta alcochetana.

"Vai ajudar na economia, nos postos de trabalho, mas na nossa vida do dia a dia, vai piorar. Faço Lisboa - Alcochete diariamente. A ponte vai ter mais gente, as coisas aqui vão ficar mais caras, o preço das casas vai ser inflacionado. Como residente, não será bom". Liliana admite mesmo que, "se tivesse essa possibilidade em termos de emprego, mudava para uma zona mais calma" e deixava Alcochete.

A subida do preço das casas e do custo de vida também preocupam Paulo Pereira, que ocupa uma mesa de uma das esplanadas da vila. "A vida já está como está, com tudo muito caro. E, ainda por cima, nós aqui já temos casas com duas assoalhadas a 700 e 800 euros por mês. E habitações em Alcochete não há praticamente nenhuma". O aeroporto trará 35 mil postos de trabalho e as pessoas vão ter de viver em algum lado, diz, rindo-se.

Já António Labreca tem outras preocupações. "O que me preocupa mais é que esta vila, onde nasci e fui criado, uma vila bairrista e pacata, deixe de o ser."

Prova desse bairrismo, os dois dedos de conversa que António Tábuas dá com um vizinho, no interior de um pequeno café, que à saída lembra que ainda há outra opção em cima da mesa.

"Vendas Novas também não é má localização, só que Alcochete tem uma vantagem: é que o terreno é do Estado". E assim sendo, não haverá necessidade de pagar indemnizações pelos terrenos que poderão vir a acolher o futuro aeroporto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+