Tempo
|
A+ / A-

Novo aeroporto em Alcochete? "Quem esperou 50 anos" espera mais uns meses

05 dez, 2023 - 12:21 • Hugo Monteiro , André Rodrigues , Daniela Espírito Santo

Presidente da Câmara de Alcochete admite que este é um momento importante para a cidade e pede decisão célere.

A+ / A-

A decisão sobre o novo aeroporto tem de ser tomada no próximo ano e o mais rapidamente possível, qualquer que seja o Governo que saia das eleições de março. O apelo é do presidente da Câmara de Alcochete, no dia em que é conhecido o relatório preliminar da comissão técnica independente sobre a localização da nova infraestrutura.

À Renascença, Fernando Pinto admite que este é um momento importante para Alcochete.

"Contra factos não existem argumentos mas quem esperou 50 anos, se tiver de esperar mais dois ou três meses... não será por aí", explica.

O autarca reconhece, no entanto, que o momento político poderá significar novos atrasos na decisão. "É natural que haja mais algum atraso mas, independentemente do Governo, esta decisão seja tomada tão célere quanto possível", pede.

O relatório da Comissão Técnica Independente vai ser apresentado esta tarde. O documento sobre a localização do novo aeroporto de Lisboa deverá ser analisado pelo Governo que sair das próximas eleições.

No entretanto, a CNN Portugal avança que Alcochete será mesmo a opção recomendada para o novo aeroporto. A Renascença já pediu esclarecimento adicionais à presidente da comissão técnica independente responsável pelo relatório, que não confirma nem desmente este cenário, dizendo apenas que a resposta não é assim tão linear e remetendo mais declarações para a apresentação desta terça-feira à tarde.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+