Tempo
|
A+ / A-

Alunos e professores portugueses aprendem a programar gratuitamente

04 dez, 2023 - 10:20 • Lusa

Este ano, a "Hora do Código" tem como lema a "Criatividade com Inteligência Artificial" e pretende-se que os alunos explorem as oportunidades criativas oferecidas pela Inteligência Artificial e aprendam sobre o seu potencial e impacto.

A+ / A-

Mais de 200 alunos do 5.º e 6.º anos de escolas portuguesas participam esta segunda-feira na "Hora do Código", um workshop que faz parte de um programa internacional gratuito que permite aprender a programar.

A campanha de aprendizagem de programação destina-se a professores e alunos de todas as escolas do país e insere-se na Semana do Ensino das Ciências Informáticas (Computer Science Education Week), que decorre até sexta-feira.

"A 'Hora do Código' consiste num workshop prático, em que os alunos aprendem a programar através de jogos divertidos e vídeos explicativos. Todos os alunos podem participar, independentemente da idade e do nível de capacidade. Estas iniciativas contam já com o apoio de mais de 400 parceiros e 200.000 educadores em todo o mundo", revelou o gabinete de imprensa da Fundação Santander Portugal, a entidade promotora da iniciativa em Portugal.

Este ano, a "Hora do Código" tem como lema a "Criatividade com Inteligência Artificial" e pretende-se que os alunos explorem as oportunidades criativas oferecidas pela Inteligência Artificial e aprendam sobre o seu potencial e impacto.

Os professores, independentemente da disciplina, também podem promover os seus próprios eventos de forma totalmente gratuita, acedendo à plataforma.

Esta iniciativa surge no âmbito da recém-anunciada parceria entre a Fundação Santander Portugal e a Code.org, uma organização não-governamental (ONG) fundada nos Estados Unidos em 2013, que disponibiliza uma plataforma "online" gratuita de aprendizagem de programação.

A Fundação Santander Portugal assume a liderança deste movimento em Portugal, contando também nesta fase com parceiros como a CEGID e a ANPRI, promovendo ações como a disponibilização de bolsas de formação em programação para professores e incentivando agora à participação de toda a comunidade escolar na "Hora do Código".

Desde o início do movimento, já foram realizadas 1.714.412.325 "Horas do Código", em mais de 180 países.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+