A+ / A-

Sindicatos dos médicos e Governo reúnem-se pela última vez

28 nov, 2023 - 03:53

Será a 36.ª e última ronda negocial antes da votação final global do Orçamento do Estado para 2024.

A+ / A-

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam), o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e o Ministério da Saúde realizam a 36.ª e última ronda negocial, na véspera da votação final global do Orçamento do Estado para 2024 (OE2024), após 19 meses de negociações sem entendimento.

Na quarta-feira, a Fnam e o SIM voltaram a sair do encontro com o ministro da Saúde, Manuel Pizarro, em discordância com a proposta do Governo sobre aumentos salariais.

A Fnam exige um aumento salarial de 30% e um horário de 35 horas semanais, 12 horas de serviço de urgência, enquanto SIM reduziu a exigência propõe um aumento salarial de 15%.

Segundo o ministro da Saúde, Manuel Pizarro, o Governo subiu a proposta anterior de 8,5% e propõe agora um aumento salarial diferenciado de 12,7% para os médicos em início de carreira, acima de 11% para os assistentes graduados e de 9,6% para os médicos no topo da carreira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+