Tempo
|
A+ / A-

Lisboa é a nova Capital Europeia da Inovação

27 nov, 2023 - 16:46 • João Pedro Quesado , Alexandre Abrantes Neves

O município vai receber um milhão de euros. Carlos Moedas diz que vai aplicar o valor em inovações para resolver os problemas dos lisboetas. Fábrica de Unicórnios foi o centro da candidatura.

A+ / A-

Lisboa foi escolhida como Capital Europeia da Inovação. O prémio foi anunciado esta segunda-feira, em Marselha, e envolve a atribuição de um milhão de euros, que Carlos Moedas disse à Renascença que vai aplicar em soluções tecnológicas que resolvam os problemas dos lisboetas.

O município lisboeta superou as cidades de Lviv, na Ucrânia, e Varsóvia, na Polónia. Segundo a autarquia, esta foi a primeira vez que uma cidade portuguesa venceu, e a candidatura foi desenvolvida em torno da Fábrica de Unicórnios. sedeada no Beato.

À Renascença, Carlos Moedas, o presidente da autarquia lisboeta, explicou que "gostava de aplicar este dinheiro em inovações sociais, em inovações que possam transformar a vida das pessoas".

"Como é que a tecnologia pode olhar para os problemas que temos na habitação, os problemas das pessoas em situação de sem-abrigo e como é que a tecnologia pode ter um fator positivo na ajuda desses problemas", questionou o autarca.

"Em apenas 2 anos, a Unicorn Factory Lisboa atraiu 54 novos centros tecnológicos para Lisboa vindos de 23 países, anunciou 10.000 postos de trabalho, lançou 13 programas de incubação e aceleração, triplicou o número de start-ups incubadas e posicionou a cidade em indústrias tão distintas como a saúde digital, as tecnologias “Web 3” ou a inteligência artificial", afirmou a Câmara Municipal de Lisboa em comunicado.

O prémio de Capital Europeia da Inovação faz parte do programa Horizonte Europa, apoiado pelo Conselho Europeu. Os critérios são a experimentação, o crescimento, a construção de um ecossistema, expansão e uma visão inovadora para a cidade.

Lisboa junta-se assim a cidades como Barcelona, Amesterdão, Paris, Atenas, Nantes, Leuven, Dortmund. a metrópole Aix-Marseille-Provence e Haarlem, que venceram este prémio entre 2014 e 2022.

[atualizada às 18h50]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+