Tempo
|
A+ / A-

PSP do Porto detém três pessoas por tráfico, venda ilegal e posse de arma

18 nov, 2023 - 13:06 • Lusa

Estas detenções inseriram-se numa "operação policial que teve como objetivo a prevenção e combate à criminalidade de forma a promover a segurança, ordem e tranquilidade pública".

A+ / A-

A PSP deteve, na sexta-feira, no Porto, dois homens e uma mulher, entre os 21 e os 38 anos, suspeitos de tráfico de droga, posse de arma proibida e venda ilegal de tabaco.

Em comunicado, divulgado este sábado, o Comando Metropolitano da PSP do Porto descreve que um dos suspeitos, um homem de 37 anos sem profissão conhecida e sem morada fixa em território nacional, foi detido junto ao bairro de Francos com heroína e cocaína suficientes para cerca de 56 doses individuais e 118 euros.

Já por posse de arma proibida, foi detido, no mesmo local, um jovem de 21 anos, desempregado e residente na Maia.

Foi-lhe apreendida uma faca que estava "dissimulada em formato de arma de fogo", descreve a polícia.

Estas detenções inseriram-se numa "operação policial que teve como objetivo a prevenção e combate à criminalidade de forma a promover a segurança, ordem e tranquilidade pública e de reforço do sentimento de segurança dos cidadãos, junto do aglomerado habitacional".

Também na sexta-feira, em Campanhã, no Porto, a PSP deteve uma mulher de 38 anos, comerciante e residente em Rio Tinto, concelho de Gondomar por suspeitas de venda ilegal de artigos contrafeitos e tabaco.

Foram aprendidos 58 artigos marroquinaria, de vestuário e calçado desportivo, bem como 368 maços de tabaco sem selo fiscal.

No mesmo comunicado, a PSP do Porto indica ainda que, na sexta-feira, junto de interface de transportes públicos, na baixa da cidade do Porto, apreendeu haxixe suficiente para cerca de 415 doses individuais.

"Tratam-nos como lixo". A droga às claras na montra turística do Porto
"Tratam-nos como lixo". A droga às claras na montra turística do Porto
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+