Tempo
|
A+ / A-

Preço do azeite poderá chegar aos 10 euros por litro

08 nov, 2023 - 07:53 • Olímpia Mairos

Em causa está uma quebra significativa nos stocks, motivada pela seca prolongada em Espanha, que é o maior produtor mundial de azeite.

A+ / A-

O preço do azeite poderá chegar aos 10 euros por litro. O cenário é admitido pela federação que representa os produtores.

De acordo com o Jornal de Negócios, em causa está uma quebra significativa nos stocks, motivada pela seca prolongada em Espanha, que é o maior produtor mundial de azeite.

O mercado espanhol responde por 75% da produção mundial e no país vizinho um litro já excede os 10 euros junto do consumidor final. Em declarações ao jornal, a secretária-geral da Fenazeites, Patrícia Falcão Duarte, admite que em Portugal o azeite pode atingir o mesmo preço.

Atualmente, o preço do litro do azeite ronda os seis euros e meio por litro.

Assinalando que as pessoas irão consumir sempre azeite, a secretária-geral da Fenazeites nota uma “retração” devido ao preço, sublinhando que “é muito pesado para a maioria das famílias”.

E isto poderá conduzir a algumas “mudanças nos padrões de consumo”, como a substituição de azeite virgem por outros tipos de qualidade inferior, refinados, sinaliza.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • EU
    08 nov, 2023 PORTUGAL 17:28
    É dito que a ESPANHA é o MAIOR PRODUTOR de azeite a nível MUNDIAL. Será a Espanha ou ESPANHÓIS com os OLIVAIS no Alentejo Português? Nos princípios dos anos 2000, as terras onde deixaram de SEMEAR os CEREAIS no Alentejo, foram DADAS a ESPANHÓIS e transformadas em OLIVAIS de produção intensiva. Foi depois do LAGO ALQUEVA dar água que isso aconteceu. Não se LEMBRAM? Se calhar NÃO, pois em Lisboa há MUITOS ELÉTRICOS para as Pessoas os verem PASSAR. A MANIA dos PRODUTORES Portugueses aumentarem o PRODUTO NACIONAL em função dos ESTRANGEIROS, acabará quando NÃO o ESCOAREM. Perceberam, não perceberam? Se não perceberam perguntem a quem CHORA na Assembleia da República. Isto é, EU não consigo APOIOS, mas as GRANDES EMPRESAS ESTRANGEIRAS, para além de os conseguirem ainda ficam ISENTAS por décadas. O SNOBISMO tem de ser pago.

Destaques V+