Tempo
|
A+ / A-

Demissão de Costa

Bastonário dos Médicos: "Saúde não pode esperar por eleições ou novo primeiro-ministro"

08 nov, 2023 - 16:17 • Ana Fernandes Silva

Carlos Cortes revela que os médicos continuam em conversações com o ministro Manuel Pizarro para ver o que "ainda é possível fazer no SNS".

A+ / A-

“A saúde não pode esperar por eleições ou pela nomeação de outro primeiro-ministro", defendeu esta quarta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos, em reação ao cenário de instabilidade política em Portugal após a demissão do primeiro-ministro, António Costa.

Esta manhã, em visita ao Hospital de Braga, Carlos Cortes revelou que estão a decorrer conversações entre os médicos e o ministro da Saúde, Manuel Pizarro, a fim de perceberem "aquilo que é ainda possível resolver no Serviço Nacional de Saúde (SNS)” apesar da situação política.

O bastonário dos médicos acusa o Governo de “total incompetência” na resolução dos problemas que afetam o SNS e acredita que a instabilidade política “não vai ajudar em nada” as negociações entre médicos e Governo.

No entanto, Carlos Cortes defende que agora resta "esperar por aquilo que irá acontecer nas próximas semanas e nos próximos meses em todo o país e, fundamentalmente, na área da saúde”.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+